Imagem: Exército Brasileiro/Divulgação Internet

No livro do profeta Zacarias capítulo 1, versículo 3, encontramos a Bíblia declarando: 

Portanto dize-lhes: Assim diz o Senhor dos exércitos: tornai-vos para mim, diz o Senhor dos exércitos, e eu me tornarei para vós, diz o Senhor dos exércitos.

Em outras versões da Bíblia, esse texto é apresentado como voltai-vos para mim e eu voltarei para vós.

O tema da mensagem é: Meia Volta, Volver. Meia volta, é um giro de 180 graus. A expressão complementar, “Volver”, remete-nos a uma frase de cunho militar, empregada especialmente na ordem unida durante desfiles ou demais cerimônias militares, (Forças Armadas e as Polícias e Bombeiros Militares do Brasil).

Após ser dado esse comando de meia volta, volver, a tropa de militares executa retornando sentido contrário da direção. Deixar de obedecer ao comando de meia volta, volver, comprometerá a cerimônia. O sentido de meia volta, volver também é usada quando um militar subordinado se retira da presença de um superior hierárquico.

Trazendo para o sentido espiritual, Meia Volta, Volver, é um comando de Deus aos homens na terra para o arrependimento, após serem separados de Deus por causa do pecado de nossos primeiros pais, Adão e Eva no Édem.

Ao enviar Jesus a este mundo, para morrer pelos pecadores na cruz, Deus estava dando o comando de meia volta, volver. Em que os homens devem se voltar para o Senhor, ao se arrependerem de seus pecados, e assim, marcharem rumo a uma nova direção: rumo a Deus, a paz e a vida eterna. Em João 12.32, Jesus declarou: 

E eu, quando for levantado da terra, todos atrairei a mim. 

Esse atrair, é o comando de meia volta, volver, ao homem que precisa de Deus.

O texto citado anteriormente, trata do povo de Israel que estavam indo em direção contrária proposta por Deus. Por meio do profeta Zacarias, o Senhor estava convidando a nação inteira ao arrependimento, o Meia Volta, Volver. Voltai-vos para mim e eu me voltarei para vós.

Um jovem soldado, que aceitou ao Senhor Jesus como seu Salvador, descreveu a mudança que se operou na sua vida da seguinte maneira: “Jesus Cristo me disse: Meia volta, volver! Eu O escutei e obedeci”.

É exatamente isso o que se chama conversão após o homem se arrepender de seus pecados: é dar meia volta ao mundo e seguir em direção a Deus; ouvir a voz do comandante e marchar de acordo com a Sua determinação.

De acordo com o escritor Joseph Faith, mudar o rumo da nossa vida tem de ser uma decisão radical; é caminhar em direção oposta àquela encaminhada pelos nossos sentidos e desejos. Nossos objetivos naturais são antagônicos aos de Deus; por isso, não podemos fazer concessões.

Conversão, meia volta volver, é mudança radical, e não adaptação ou simples aceitação de outra forma de andar. O soldado, ao marchar, não pode olhar para trás: a ordem do comandante tem de ser seguida com firmeza e confiança.

Compartilhe o artigo com sua família, familiares e amigos. Que Deus te abençoe e até a próxima!